9 de mar de 2013

Poesias - Chuva



A chuva cai em gotas suaves
Deslizando no ar em filetes,
Ao sopro do vento, ou da brisa,
Como se fossem enfeites.

Reabastecendo os rios,
Quase secos e sem vida.
Aliviando os lavradores
Que despertam para a lida.

Limpando a atmosfera, cansada
Das poluições ambientais.
Renovando o ar intoxicado
Nas cidades colossais.

Caminhar na chuva, pensando
Em Deus, nosso Criador,
Na harmonia da Natureza
Em todo o seu esplendor.

Deixando os pingos escorrerem
No rosto calmo e sorridente,
Sentindo o frescor das gotas
Acalmando a alma da gente.

Como se quisessem murmurar
Ao nosso ouvido alguma mensagem,
Nos trazendo um pouco de paz
Antes da grande estiagem.


Fonte


Gostou? Aproveita e compartilha essa postagem no Google+, Facebook, etc. Se foi bom para você, talvez possa ser bom para mais pessoas...



MAIS SUGESTÕES PARA VOCÊ