Reflexão - Amor e Caridade



Se eu fosse um mágico, seria um realizador de sonhos. Eu expressaria o poder de realização em cada ser humano...

Se eu fosse um guerreiro, seria um incansável conquistador da beleza que existe em cada um. Eu expressaria o poder de saber que somos filhos de Deus e herdeiros de toda sua criação.

Se eu fosse um artista, pintaria de luz as sombras escuras que povoam nossas mentes. Eu expressaria o brilho que existe nos olhos das crianças, que com o tempo insistimos em apagar.

Se eu fosse um poeta, escreveria cada página de vida começando com um sorriso. Eu expressaria a todos que a vida é uma página em branco que Deus nos deu, à espera das palavras que vamos nela colocar.

Se eu fosse um arquiteto, construiria um templo íntimo dentro de cada pessoa, onde ela pudesse ser amada por si mesma. Eu expressaria a importância da auto-construção consciente a cada dia, aumentando os tijolos do amor e da caridade.

No final descubro que sou eu mesmo, aqui e agora, que posso realizar meus sonhos, que posso iluminar minhas idéias sombrias, que posso escrever o meu destino e, que posso construir meu tempo pessoal crescendo a cada dia e, com tudo isso buscar por meio do exemplo do amor e da caridade, contribuir também com seu crescimento.

Lembrando sempre que a diferença entre ter felicidade e ser feliz, não está nas conquistas e sim, também no caminho que nos leva até ela. 


A verdadeira felicidade é um caminho, não um destino, permita-se vivê-la aqui e agora.







Gostou? Aproveita e compartilha essa postagem no Google+, Facebook, etc. Se foi bom para você, talvez possa ser bom para mais pessoas...




Share Button



MAIS SUGESTÕES PARA VOCÊ