Poesias - Água e Amanhecer




Água

Líquido precioso, 
De inestimável valor, 
Transparente, delicioso, 
Sem um mínimo ardor.




Suave, macia, sem cheiro, 
Matando a sede 
Do viajante passageiro. 
Água de cachoeira 



Mergulhando no rio, 
Escorrendo faceira 
Por todo caminho. 
Água de fonte 



Que desce tranqüila 
E chega brilhante, 
Límpida, radiante. 
Água de chuva bendita, 



Caída das nuvens carregadas, 
Deixando as matas, florestas, 
Tudo em festa, 
Após longa estiada. 



Água de poço artesanal 
Guardada pela Mãe Natureza, 
Deixando o nordestino do sertão 
Perplexo com sua beleza. 



Protejamos a Natureza 
Com seus rios, lagos e fontes. 
E, além dos horizontes, 
Os mares com certeza.


Amanhecer


É sinal de esperança, 
Vindo com os raios de sol, 
Que aos poucos nos alcança 
No amanhecer sem igual. 



Novo dia, pequena mudança 
Em nosso jeito de ser, 
Procurando uma melhora 
Em cada amanhecer. 



Que bom poder respirar 
O puro ar do dia! 
E o prana nos renovar 
Com a força que irradia! 



Caminhar, se exercitar. 
Com pensamento tranqüilo, 
Deixar a vida vibrar. 
Sentir, observar, 



Mais um renascer, 
Envolver-se de alegria 
Em mais um amanhecer.

Fonte


Gostou? Aproveita e compartilha essa postagem no Google+, Facebook, etc. Se foi bom para você, talvez possa ser bom para mais pessoas...




MAIS SUGESTÕES PARA VOCÊ