O Que Deus Quer de Nós




É um erro pensar que Deus tem prazer no sofrimento dos Seus filhos. Todo o Céu está interessado na felicidade do ser humano...

Nosso Pai celestial não impede que qualquer de Suas criaturas experimente momentos de alegria. O que Deus pede é que sejam evitadas as concessões que podem trazer sofrimento e decepções, e podem fechar a porta da felicidade e do Céu. 

Redentor do mundo aceita as pessoas como são, com todas as suas necessidades, imperfeições e fraquezas. Ele não só purifica do pecado e concede redenção pelo Seu sangue, como também satisfaz aos anseios do coração daqueles que consentem em carregar o Seu fardo e tomar o Seu jugo. 


Seu propósito é dar paz e descanso a todos os que vão a Ele em busca do pão da vida. 

Ele requer apenas que cumpramos os deveres que nos guiarão às alturas da bem-aventurança, às quais os desobedientes jamais poderão alcançar. 

A verdadeira felicidade é ter Cristo, a esperança de glória, no coração.

Muitos perguntam: “Como devo fazer a entrega do próprio eu a Deus?"

Você deseja entregar-se a Ele, mas não tem força moral, é escravo da dúvida e controlado pelos hábitos da sua vida de pecado. Suas promessas e resoluções são como palavras escritas na areia. 

Você não consegue controlar os pensamentos, impulsos e afeições. O conhecimento das suas promessas não cumpridas e dos votos violados enfraquece sua confiança na própria sinceridade, fazendo que você pense que Deus não pode aceitá-lo. 


Mas você não precisa se desesperar. Só precisa

compreender a verdadeira força da vontade. Este é o poder que governa a natureza do homem: o poder de decidir, escolher. 

Tudo depende da ação correta da vontade. O poder de escolha que Deus deu ao ser humano deve ser exercitado. Você não pode mudar o próprio coração, nem, por si mesmo, entregar suas afeições para Deus; mas pode escolher servir a Deus. 


Você pode dar-Lhe sua vontade. Ele então operará em você o querer e o fazer, segundo Sua graça. Desse modo, toda sua natureza estará sob o controle do Espírito de Cristo; suas afeições ficarão centralizadas Nele, e seus pensamentos estarão em harmonia com Ele.


É correto desejar ser bom e viver uma vida santificada. 

Mas nada disso tem valor se ficar apenas no desejo. Muitos se perderão enquanto esperam e desejam ser cristãos. Eles não chegam ao ponto de entregar sua vontade a Deus. Não escolhem agora ser cristãos. 

Através do correto exercício da vontade, uma transformação
completa pode ocorrer em sua vida. Entregando a vontade a Cristo, você se une com o poder que está acima de todos os outros. 

Obterá força do alto para permanecer firme e, pela constante entrega a Deus, será capacitado para viver a nova vida, a vida na Fé.


                                                                                                                                       Ellen G. White



Gostou? Aproveita e compartilha essa postagem no Google+, Facebook, etc. Se foi bom para você, talvez possa ser bom para mais pessoas...





Share Button



Fonte

MAIS SUGESTÕES PARA VOCÊ


Comentários

  1. um grande erro pensar que DEUS tem prazer em nossos problemas, porque eles sao resultados de nossa atitude e nos mesmos temos achave para solucionarmos ,,,, DEUS nos fortalece e nos da´ coragem fortalecendo nossa fe´,,, muitos colocam a culpa em DEUS ou no ´´inimigo mas se esquece de verificar suas atitudes,,,paz e bem,

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá, Amigo do Blog, o que você achou da Postagem? Seu comentário é importantíssimo. Gostaria de saber sua opinião. É através dos comentários que eu me inspiro, me motivo e aprendo. Um grande abraço e seja sempre Bem-Vindo!!! Por favor, somente comentários a respeito da postagem.